Clube do fumo

Cartaz de evento pró-Cannabis no Pais Basco

Cartaz de evento pró-Cannabis no País Basco

Portugal e Espanha há algum tempo flexibilizaram sua política em relação à maconha, visando discriminalizar o consumo da droga. Hoje um cidadão não só pode portar pequenas quantidades como até plantar seu pezinho para usufruto particular. Aproveitando essa liberalidade do Estado, grupos de usuários estão aproveitando os vácuos abertos pela legislação para formar clubes. A pioneira nesse movimento foi a Pannagh, associação fundada em Bilbao, no País Basco, que iniciou suas atividades após consulta às autoridades locais e sob os aupícios da imprensa. Entre seus 150 associados estão portadores de doenças que usam a droga para fins terapêuticos e maconheiros “de carteirinha”, literalmente. Cada sócio tem direito a uma cota mensal de 40 gramas, bem mais barata que nas ruas e sem os aditivos tóxicos colocados pelos traficantes. O segredo para os clubes entrarem na legalidade é não haver intenção de lucro, além de um controle rígido sobre quem compra. Tanta liberalidade chega a ser irônica, já que o governo espanhol tenta a todo o custo impedir os botellones, hábito comum dos jovens de se reunir em praças públicar e se emborrachar até não poder mais.

Estufa de cultivo da associação Pannagh

Canteiro de maconha da associação Pannagh

Anúncios

2 Respostas para “Clube do fumo

  1. Buena idea, podriamos expandir ese club con sucursales aqui: una en Vila Mariana y otra en Santo Amaro.

  2. Pingback: Abgeordnetenwatch und Cannabisanbauvereine: BMG war erreichbar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s